Logo da Fiocruz 120 anos: Uma silhueta em linha preta de uma das torres do Pavilhão Mourisco integrada ao texto Fiocruz, 120 anos. Ao lado: Patrimônio da sociedade brasileira

O que ainda precisamos fazer?

Todas as crianças em contato com o vírus Zika na gravidez precisam de acompanhamento e cuidado de longo prazo, não somente aquelas nascidas com microcefalia.

Pode-se responder melhor à Zika e a outras doenças quando ciências, movimentos sociais, saúde, educação e políticas públicas caminham lado a lado.

A Fiocruz e pesquisadores de todo o mundo insistem na busca por respostas e soluções. É necessário investir mais no cuidado, em estudos de acompanhamento das crianças e no desenvolvimento de testes diagnósticos, vacinas e medicamentos.

A Zika retrata desigualdades. Seu enfrentamento depende da garantia dos direitos sociais, do fortalecimento do SUS, da ciência, da educação inclusiva, do combate à pobreza, do saneamento básico e do transporte público acessível.

Cientistas, gestores e mulheres representantes de movimentos sociais construíram uma Carta de Recomendações sobre o que ainda é preciso fazer.

Confira a Carta
Imagem da capa da Carta de Recomendações Epidemia de Zika no Brasil – Lições aprendidas e recomendações. Cinco setas curvas que apontam para a mesma direção formam um círculo. Duas são azuis, duas são vermelhas e uma é branca. No centro do círculo está o título em letras azuis.
Vídeo com audiodescrição abaixo

Slide Quem precisa de acompanhamento e cuidado de longo prazo? QUIZ
A - Apenas as crianças com microcefalia
B - Apenas as crianças cujas mães tiveram sintoma de Zika na gestação
C - Todas as crianças que tiveram contato com o vírus Zika na gestação
D - Nenhuma criança precisa de acompanhamento de longo prazo Resposta correta:
Todas as crianças em contato com o vírus Zika na gravidez precisam de acompanhamento e cuidado de longo prazo, não somente aquelas nascidas com microcefalia.
Ministério da Saúde

Capa da Caderneta da Criança, em versão para menina e menino. A caderneta para meninas tem fundo roxo, e a caderneta para meninos tem fundo verde. Fora as cores diferentes, as duas são iguais: na parte cima, sobre uma faixa em tom mais escuro em letras brancas, o título: Ministério da Saúde – Caderneta da Criança. Logo abaixo, já na parte mais clara, está escrito menina e menino, respectivamente. Uma ilustração com adultos e crianças de variadas idades e cores de pele. Esta ilustração ocupa a parte central da capa. Os adultos são: um homem de pele marrom escura, uma mulher e , um homem com a pele marrom claro, e uma mulher de cabelo amarelo e cor da pele rosada. Eles estão de pé, sorriem e olham para as crianças no chão à frente. As crianças são: Um menino indígena que está sentado de pernas cruzadas e segura um aviãozinho no alto, um menino de pele marrom claro que está de pé e uma menina de pele marrom escuro que se prepara para jogar uma bola colorida para um menino de cabelo amarelo e pele rosada sentado numa cadeira de rodas. Na frente deles, uma menina de óculos e pele marrom claro está deitada de bruços e desenha, ao lado dela, dois bebês, um com a pele marrom claro e o outro de pele rosada brincam um brinquedo de encaixe. Na parte de baixo, está escrito 2ª edição, Passaporte da Cidadania. Embaixo, o brasão do Brasil e Brasília, DF, 2020. No canto direito, um carimbo com um círculo cortado por uma faixa, onde está escrito Venda Proibida.

Slide

O que ainda precisamos fazer?

Logo da Fiocruz 120 anos: Uma silhueta em linha preta de uma das torres do Pavilhão Mourisco integrada ao texto Fiocruz, 120 anos. Ao lado: Patrimônio da sociedade brasileira
Slide

Todas as crianças em contato com o vírus Zika na gravidez precisam de acompanhamento e cuidado de longo prazo, não somente aquelas nascidas com microcefalia.

Miriam Calheiros
Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira/Fiocruz RJ;
UFRRJ

Slide

Pode-se responder melhor à Zika e a outras doenças quando ciências, movimentos sociais, saúde, educação e políticas públicas caminham lado a lado.

Rede Zika Ciências Sociais
Foto: Peter Ilicciev

Slide

A Fiocruz e pesquisadores de todo o mundo insistem na busca por respostas e soluções. É necessário investir mais no cuidado, em estudos de acompanhamento das crianças e no desenvolvimento de testes diagnósticos, vacinas e medicamentos.

Seringa com vacina
https://www.istockphoto.com/br. Foto: MarianVejcik

Slide

A Zika retrata desigualdades. Seu enfrentamento depende da garantia dos direitos sociais, do fortalecimento do SUS, da ciência, da educação inclusiva, do combate à pobreza, do saneamento básico e do transporte público acessível.

Fiocruz Imagens
Foto: Peter Ilicciev

Slide

Cientistas, gestores e mulheres representantes de movimentos sociais construíram uma Carta de Recomendações sobre o que ainda é preciso fazer.

Imagem da capa da Carta de Recomendações Epidemia de Zika no Brasil – Lições aprendidas e recomendações. Cinco setas curvas que apontam para a mesma direção formam um círculo. Duas são azuis, duas são vermelhas e uma é branca. No centro do círculo está o título em letras azuis. Carta de Recomendações
Rede Zika Ciências Sociais
Confira a Carta

Slide Slide

Quem precisa de acompanhamento e cuidado de longo prazo?

QUIZ
A - Apenas as crianças com microcefalia
B - Apenas as crianças cujas mães tiveram sintoma de Zika na gestação
C - Todas as crianças que tiveram contato com o vírus Zika na gestação
D - Nenhuma criança precisa de acompanhamento de longo prazo

Resposta correta:
Todas as crianças em contato com o vírus Zika na gravidez precisam de acompanhamento e cuidado de longo prazo, não somente aquelas nascidas com microcefalia.

Ministério da Saúde
Voltar ao
menu principal